(13) 3013-7675

contato@jrtechconsultoria.com.br

A partir de 01/04/2017 não será mais permitida a comercialização dos Relógios Eletrônicos de Ponto (REP) de primeira geração. A partir dessa data somente os REP homologados pelo Inmetro poderão ser adquiridos pelas empresas que irão utilizar esse equipamento para controle de ponto dos funcionários.


O que diz a portaria?

PORTARIA Nº 510 DE 13 DE OUTUBRO DE 2015

Parágrafo único. A partir de 1º de outubro de 2016, os REP deverão ser comercializados, no mercado nacional, por fabricantes e importadores, somente em conformidade com os requisitos aprovados por esta Portaria e pelas Portarias Inmetro nº 480/2011, nº494/2012 e nº595/2013;


Art. 4º Determinar que, a partir de 1º de abril de 2017, os REP deverão ser comercializados, no mercado nacional, somente em conformidade com os Requisitos aprovados por esta Portaria e pelas Portarias Inmetro nº 480/2011, nº494/2012 e nº595/2013.

O que muda nos Relógios de Ponto?

As principais mudanças que ocorreram foram em relação a segurança dos dados que são transmitidos entre o Software gerenciador e o equipamento. No comprovante de registro de ponto do trabalhador, agora consta a Assinatura Digital, que assegura a origem do registro realizado, essa assinatura é criptografada pelo software gerenciador do Rep, que possui a chave pública e caso o software seja substituído, automaticamente a assinatura digital também terá sua criptografia alterada.

Também foram implementados nos REP novas exigências como: Possuir software gerenciador embarcado; sensor de detecção de ticket pendente, ou seja, caso um funcionário tenha registrado o ponto e não tenha retirado seu comprovante, o próximo não conseguirá registrar até que o ticket seja retirado. 

Exemplo do novo comprovante

Clique aqui e conheça os modelos homologados pelo Inmetro comercializados pela Jrtech.